Uma Mulher Um Poema

 

"A vida é um poema que escrevemos todos os dias".



Textos


SALÁRIO CURTO.

O salário está curto,
Sem previsão de melhora.
O chefe é carrancudo,
Logo vou pedir esmola!

 
24/05/2016 09:52 - Lilian Vargas

O que ganho é pouco
Mal dá pro mês
Vivo só no sufoco
Quem dera eu fosse burguês.

Para o texto: SALÁRIO CURTO. (T5645313)

Obrigada, Poetisa Lilian Vargas, pela brilhante interação.

 
24/05/2016 19:37 - Sonia Nogueira
 
O salário é um assombro
Chega e sai bem apressado
Quando vemos o arrombo
Bolso fica esvaziado.

 
Para o texto: SALÁRIO CURTO. (T5645313)

Obrigada, Poetisa Sonia Nogueira, pela brilhante interação.

 
24/05/2016 21:05 - Apaixonado Jovem
 
O salário é uma ave
vive no movimento vai e vem
depois de alguns dias tudo acaba
e acabamos sem vintém.

 
Para o texto: SALÁRIO CURTO. (T5645313)

Obrigada, Poeta Apaixonado Jovem, pela brilhante interação.

 
24/05/2016 21:57 - Lindita
 
Jamais esmoreçamos
Diante de luta dura
A esperança tenhamos
Como alavanca pura.

 
Para o texto: SALÁRIO CURTO. (T5645313)

Obrigada, Poetisa Lindita, pela brilhante interação.


25/05/2016 00:18 - E Silva

Logo vou pedir esmola
ou acabar dançando em molas
com o salário que ganho
com compras não encho uma sacola.

Para o texto: SALÁRIO CURTO. (T5645313)

Obrigada, Poeta E Silva, pela brilhante interação.


25/05/2016 00:23 - Aila Brito

Um salário acabrunhado
Mal recebe... Evaporou
No bolso nenhum trocado
Será que o bolso furou?!

Para o texto: SALÁRIO CURTO. (T5645313)

Obrigada, Poetisa Aila Brito, pela brilhante interação.


25/05/2016 06:48 - Ilma Albuquerque

O salário está curto
Final do mês é um sufoco
Não dá para pagar tudo
Parece furado o bolso.

Para o texto: SALÁRIO CURTO. (T5645313)

Obrigada, Poetisa Ilma Albuquerque, pela brilhante interação.

 
25/05/2016 23:06 - Wotson de Assis
 
Como hei de pedir
Ao chefe um aumento? 
Vou me virar aqui e ali
Pra ver se me sustento.

 
Para o texto: SALÁRIO CURTO. (T5645313)

Obrigada, Poeta Wotson de Assis, pela brilhante interação.

 
26/05/2016 06:56 - Aleixenko
 
No final de cada mês,
o minguado salário.
Uma conta por vez,
vou mandá-las ao vigário.

 
Para o texto: SALÁRIO CURTO. (T5645313)

Obrigada, Poeta Aleixenko, pela brilhante interação.

 
27/05/2016 06:21 - Alkas
 
O meu chefe é o governo
que não pensa igual a mim
me faz viver no inferno
acho que vou comer capim.

 
Para o texto: SALÁRIO CURTO. (T5645313)

Obrigada, Poeta Alkas, pela brilhante interação.

 
04/06/2016 20:42 - Alfredo D Alencar
 
Quando chega o fim do mês
Precisa-se fazer conta
Resultado desaponta
Sempre o débito tem vez.

 
Para o texto: SALÁRIO CURTO. (T5645313)

Obrigada, Poeta Alfredo D Alencar, pela brilhante interação.

 

 
Uma Mulher Um Poema
Enviado por Uma Mulher Um Poema em 24/05/2016
Alterado em 05/06/2016
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários


 
Site do Escritor criado por Recanto das Letras