Uma Mulher Um Poema

 

"A vida é um poema que escrevemos todos os dias".



Textos


TRISTEZA AFLORADA.

Coração batendo triste
No amor que terminou
Lágrimas molham a face.

 
19/12/2015 07:31 - Alkas
 
Lágrima reflexo da dor
amor que terminado
mundo parece acabou

 
Para o texto: TRISTEZA AFLORADA. (T5484752)

Obrigada Poeta Alkas, pela brilhante interação.

 
19/12/2015 12:45 - Walter de Arruda
 
A dor agita o silêncio
Um grito nos emociona
Somos felizes, é o Nascimento

 
Para o texto: TRISTEZA AFLORADA. (T5484752)

Obrigada Poeta Walter de Arruda, pela brilhante interação.

 
19/12/2015 20:00 - Miguel Jacó
 
Com o fim da relação,
o amor se distancia,
judiam-se dois corações.


Para o texto: TRISTEZA AFLORADA. (T5484752)

Obrigada Poeta Miguel Jacó, pela brilhante interação.

 
19/12/2015 23:35 - jbJoaoBatista
 
O verdadeiro amor nunca termina
Apenas na inspiração do poeta
Que faz poesia e fascina.

 
Para o texto: TRISTEZA AFLORADA. (T5484752)

Obrigada Poeta jbJoaoBatista, pela brilhante interação.

 
20/12/2015 03:19 - George Gimenes
 
Não consigo decifrar:
Se de fato o amor é eterno, 
Como pode terminar?

 
Para o texto: TRISTEZA AFLORADA. (T5484752)

Obrigada Poeta George Gimenes, pela brilhante interação.

 
20/12/2015 17:31 - Eemanuel
 
Triste quando um amor acaba
A terra abre o mundo se acaba 
Mas, a vida precisa continuar.

 
Para o texto: TRISTEZA AFLORADA. (T5484752)

Obrigada Poeta Eemanuel, pela brilhante interação.

 
20/12/2015 22:11 - Mariana Mendes
 
Olhos vermelhos
Brilho molhado 
Amor que foi do fogo às cinzas.

 
Para o texto: TRISTEZA AFLORADA. (T5484752)

Obrigada Poetisa Mariana Mendes, pela brilhante interação.

 
20/12/2015 23:38 - Guída
 
Na garganta o soluço entalado
Nos olhos o olhar perdido
No peito o amor calado.

 
Para o texto: TRISTEZA AFLORADA. (T5484752)

Obrigada Poetisa Guída, pela brilhante interação.


 
Uma Mulher Um Poema
Enviado por Uma Mulher Um Poema em 19/12/2015
Alterado em 20/12/2015
Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários


 
Site do Escritor criado por Recanto das Letras